Exerça sua arte, vá em frente!

Desde sempre eu quis tornar a escrita um hábito. De alguma forma, a escrita esteve e está presente nos registros diários, nos cadernos de poesia, nas cartas e nos blogs. Há muitos anos tenho blog, os primeiros foram no início dos anos 2000. Utilizar essa ferramenta me ajudou a olhar para dentro e olhar para fora. Além de desenvolver habilidades, me conectou com pessoas e me aproximou das coisas que gosto e quero dar atenção. Entretanto, esses últimos anos me mostraram algo que tenho falhado vergonhosamente – a consistência.

Leia mais