Hoje é dia da/o bibliotecária/o

Hoje é dia de postagem especial, pois é dia da/o bibliotecária/o. Eu não poderia deixar de trazer a minha memória as experiências com as bibliotecárias e selecionar o que melhor aprendi. Convido você fazer o mesmo. Resgatar as suas experiências com bibliotecárias e escrever um comentário o que melhor aprendeu.  

Na minha opinião, tais profissionais são imprescindíveis para evolução da ciência e da sociedade. São guardiãs do conhecimento. Muito do que eu sei ou desejei aprender passou por trocas com bibliotecárias. Eu frequento a biblioteca desde criança, mantenho essa prática por toda minha vida.  

Antes que alguém me pergunte, eu não sou bibliotecária e também não sou jornalista. Sou apenas uma enfermeira! Para entender essa afirmação sugiro assistir esse vídeo de Suzanne Gordon, na Associação Nacional de Escolas de Enfermagem (EUA).

Se eu fosse escolher uma competência que desenvolvi apoiada pelo trabalho da/o bibliotecária/o,  certamente seria a competência informacional. O desenvolvimento de tais conhecimentos e habilidades que compõem a competência informacional me trouxeram autonomia para o acesso, uso e produção de informação. Posso transitar por diversos campos do conhecimento e unir pontos para trilhar o meu caminho na pesquisa, apoiar outros pesquisadores, no seu desenvolvimento, na comunicação científica e na mobilização do conhecimento.  

Photo by Sanwal Deen on Unsplash

Juliana Reis

Enfermeira, especialista em informação científica, mestre em saúde materno infantil. Tem interesse em Práticas Integrativas, Saberes Tradicionais, Ciência e Arte, visualização de dados, gamificação, translação do conhecimento, ciência de implementação.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: